494606121430923As 5 dicas essenciais para a viajante solo – Mônica Barguil – Viajar é fundamental

As 5 dicas essenciais para a viajante solo

Os 7 passos para viajar mais com menos
dezembro 2, 2019
Gostaria de viajar sozinha, mas tenho medo
dezembro 2, 2019

A mulher que viaja sozinha precisa de toda a ajuda possível a fim de planejar sua jornada. Confira algumas dicas essenciais:

1. Quando fizer a reserva do alojamento fique atenta a localização (próximo de metrô, trem ou terminal de ônibus) e ao wi-fi gratuito na propriedade. Assim que chegar, se não houver rede disponível no aeroporto, avise a seu contato no Brasil que desembarcou e que já está no alojamento. A localização é muito mais importante que preço baixo. Você vai apreciar chegar sozinha à noite e estar a apenas uma quadra do hostel.
2. Conheça outros viajantes: a grande vantagem de hospedar-se em hostel é que haverá mais pessoas como você. Mesmo que escolha um quarto privado encontrará o ser humaninho que vai fazer um tour para aquela atração no café da manhã, ou quando for lavar sua roupa ou ainda a caminho do banheiro. Além do óbvio, há comunidades para tal fim como o https://www.couchsurfing.com/ ou ainda o https://www.meetup.com/pt-BR/, e se tiver se sentindo ousada: https://tinder.com/?lang=pt-BR. Viajar sozinha não precisa ser solitário.
3. Esteja ciente do seu entorno. O tempo todo. Não apenas quando sair à noite, se decidir fazê-lo. Durante o dia vale a mesma regra. Pense que está caminhando na 25 de março antes do natal. Fique alerta e use sua intuição. Ouça- a na verdade, ela tem sempre muito a dizer. Temos a tendência de relaxar um pouco quando saímos do Brasil, mas não faça isso quando estiver sozinha: fique sempre atenta. A viajante solo deve ser prudente para que se sinta mais segura.
4. Acorde mais cedo e saia antes do horário de pico. Planeje seu itinerário de modo que saia mais cedo do alojamento, evitando a multidão nos monumentos e atrações turísticas, também evita superexposição e os transportes públicos (antes do horário de pico) estarão menos lotados. Prometo que as fotografias vão ficar ótimas, nem vai precisar de fotoshop para remover pessoas.
5. Faça o que sempre quis fazer e nunca teve coragem. Viajar sozinha é campo de teste, ninguém está lá para te julgar e além disso: ninguém te conhece mesmo, não é? Então se teve vontade de pular de para quedas, por que não? Quer aprender a culinária local? Há diversas atividades como aulas de gastronomia e artesanato para que você possa experimentar no destino que escolheu. A beleza da viagem solo é a liberdade que proporciona: se quiser ficar o dia inteiro na praia ou no hotel assistindo novela brasileira em tcheco ninguém vai falar nada. Você escolhe o que quer fazer e a hora que quer fazê-lo.

Assine nossa newsletter para mais dicas e não esqueça: seja você mesma e divirta-se. Ajuste o cinto de segurança e aproveite o voo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *